CONSTRUINDO SUA CASA: DICAS

September 11, 2016

 

 O ArqClub mostra-lhe 5 medidas usuais que, se incorporadas nos seus projetos, trazem benefícios a você e contribuem para a mobilização mundial com o meio ambiente.  

 

1_LAJES PLANAS COM COBERTURA VEGETAL

   Um dos grandes problemas de áreas urbanas é a substituição de áreas verdes por uma ""selva de pedras"". Não é preciso muitos estudos para se perceber a diferença de qualidade ambiental comparando áreas de cidades e campo. Já a algum tempo, tem-se pensado em formas de recuperar a qualidade aumentando então a proporção de áreas verdes em áreas urbanas. A adoção de telhados verdes é uma das soluções. Eles contribuem para os ciclos bioquímicos essenciais para a manutenção do clima e também para uma melhor retenção de água das chuvas onde nas cidades faz toda diferença.

   Os resultados locais são imediatos pode-se constatar uma melhora na qualidade do ar ao redor das edificações, como se criasse um microclima, alèm de comprovada eficiência térmica e acústica nos interiores das edificações. As possibilidades em uma cobertura vegetal são inúmeras, pode-se optar por um sistema com relva de baixa manutenção, coberturas mais ajardinadas e até mesmo para cultivo de vegetais. Em algumas cidades telhado verde tornou-se uma exigência.  

 

2_CONSIDERAÇÃO POR MATERIAIS ALTERNATIVOS

 Fugir do tradicional pode ser a melhor alternativa para quem se preocupa com a sustentabilidade e isso não significa ser mais caro ou complicado. As novas demandas já estão transformando todo o mercado da construção e a exigência por comprovadas reduções em impactos ambientais estão presentes através dos ""Selos Verdes"" nos produtos. Você pode pedir ao arquiteto que proponha materiais alternativos e através de pesquisa ele poderá apresentar soluções inovadoras e/ou optarem em conjunto por utilização de materiais com certificações ambientais (selos).

 

3_REDUÇÃO ENERGÉTICA

  Não é apenas na etapa de construção de uma edificação que há geração de impactos ambientais. A maneira e os anos que o edifício irá funcionar quando concluído devem ser previstas, pois a demanda de energia para iluminação, funcionamento de equipamentos e aquecimento são muito impactantes também. Se você pretende ter um projeto realmente ecológico é preciso considerar ao máximo os usos de energia muito além da boa arquitetura. E nisso a tecnologia pode nos ajudar.

 

  Se a partir de estudos o arquiteto concluir que o local e a região do projeto possuem potenciais solares torna-se possível a instalação de Painéis Fotovoltaicos onde a energia produzida por eles pode ser contabilizada e rebatida no valor do consumo de energia fornecida pela rede elétrica. Estão se tornando mais acessíveis e eficientes a cada dia, porem ainda caracteriza um investimento alto e é preciso ser considerado logo no inicio do projeto para melhor desempenho.

 

  Com potencial solar também é interessante o uso de Energia Solar Térmica em Placas Coletoras onde são instaladas de maneira muito similar às Placas Fotovoltaicas, mas possuem a função de aquecer a água utilizada nos edifícios. O fornecimento de água quente é satisfatório e a vantagem é que este sistema é bastante acessível. 

 

4_APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA

 

  Uma casa consome muita água. Diferentemente de apartamentos, em uma casa além de comumente terem uma área maior, utilizam água para lavar calçadas e áreas externas, regar jardins,  lavar o carro etc. Então porque não investir em um sistema de recolha de águas pluviais?

   As águas normalmente são captadas na cobertura do edifício, podem ser filtradas no processo com um telhado verde por exemplo, e conduzidas pelas calhas e tubulações até ser armazenada em um tanque subterrâneo e então esta água pode ser destinada a diversos usos como descarga em vasos sanitários, água para o tanque, rega de jardins etc.

 

5_PAREDES COMPOSTAS PARA EFICIÊNCIA TÉRMICA E ACÚSTICA

 

  No Brasil, costumamos fazer o fechamento das edificações com uma parede simples de tijolos. No entanto existem diferentes métodos e sistemas de composição para paredes externas, como o ETICS (External Thermal Insulation Composite System), que tem como principal objetivo o melhor o conforto do ambiente interno das edificações. As paredes vão recebendo camadas de diferentes materiais que tem capacidade de melhorar a eficiência tanto térmica quanto acústica da relação do ambiente externo com o interno.

 

   Estes sistemas podem ser indicados tanto para regiões quentes, prevendo uma baixa da temperatura interna, quanto regiões frias desejando um ambiente interno mais quente, e a relação da adoção desses métodos com a ecologia é o fato de que ambientes internos bem condicionados, sem o uso de equipamentos, minimizam muito o gasto de energia e consequentemente o impacto no meio ambiente. 

  O custo da implantação de um sistema de paredes compostas pode ser mais caro que o convencional, porém os benefícios são indiscutíveis e o investimento recuperado em poucos anos. Consulte um arquiteto para saber mais.

 

 

AQUI NO ARQCLUB PRIMAMOS POR PROFISSIONAIS ESPECIALIZADOS QUE O PODEM AUXILIAR EM TODAS ESTAS ESCOLHAS, PARA QUE TODA A TEORIA SE ENCAIXE COM AS REAIS NECESSIDADES DO CLIENTE.

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

CONSTRUINDO SUA CASA: DICAS

June 13, 2016

1/1
Please reload

Posts Recentes

January 15, 2018

June 17, 2017

March 18, 2017

January 25, 2017

January 13, 2017

September 11, 2016

July 3, 2016

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

© 2020 arqclub

site criado por:  arqclub

ArqClub.Arquitetura Ltda ME

CNPJ: 27.465.372/0001-40